blog
(00351) 210 929 000

Tire esse peso dos ombros... pela sua saúde!

Só Deus (o Universo, ou aquilo que, para si, é o divino) sabe aquilo que cada um de nós tem de resolver, enfrentar, superar. Ainda assim, compete-nos fazer a nossa parte para vivermos de uma forma saudável, afastando problemas e dores.

Para evitar a doença, é essencial ouvirmos o nosso corpo, todos os dias, a cada momento. Quando sentir dores de cabeça, descontraia, pare aquilo que está a fazer. Provavelmente terá muito trabalho em mãos mas, a não ser que seja realmente algo impossível de adiar, lembre-se que a saúde é o que tem de mais importante na vida, e que é seu dever cuidar dela, como um tesouro que é. Porque, se não o fizer, poderá sofrer muito mais do que as consequências de um atraso no trabalho.

Há cada vez mais pessoas que sofrem com problemas de coluna e dores nas costas, que limitam a sua vida quotidiana e restringem os seus movimentos, impedindo-as mesmo de manterem os seus hábitos e rotinas. A coluna é aquilo que nos sustenta, é a trave-mestra que segura o nosso corpo. Quando ela dói, está a lembrar-nos que não estamos a ter uma postura saudável – em sentido literal e figurado. Por algum motivo deixamo-nos sobrecarregar com tarefas, responsabilidades, situações que se depositam sobre os nossos ombros, como um peso que suportamos. As dores nas costas surgem muitas vezes quando passamos horas seguidas na mesma posição, e alertam-nos também para a nossa postura perante a vida. Estaremos demasiado tempo «no mesmo lugar», acomodados a rotinas inflexíveis e submetidos a situações que não nos deixam confortáveis, obrigando-nos a um esforço permanente? Endireitar as costas, como as nossas mães nos diziam para fazer quando éramos mais novos, ajuda a coluna a manter-se vertical, numa posição que distribui melhor o peso do nosso corpo, evitando a dor. Endireitar a nossa vida, libertando-nos de fardos excessivos e de pessoas ou situações que «nos puxam para baixo» ajuda a aliviar aquilo que provoca a dor, contribuindo para extingui-la.

Concentrar-se na cura

A dor só tem dois propósitos: alertar-nos para o perigo e fortalecer-nos. Cumprida a sua missão, tem de se ir embora. Esta é uma das ideias que deve alimentar, diariamente, na sua mente:

«Eu não tenho de sofrer. Eu não tenho de ter dores.»

Posto isto, é preciso encontrar a solução, a cura. Nunca deixe arrastar um problema de saúde, «a ver se passa». Vá ao médico, recorra aos serviços de saúde, procure alguém que possa ajudá-lo a encontrar o tratamento de que precisa. Se não tem tempo para tratar da sua saúde, vai ter de encontrar tempo para tratar da sua doença: cabe-lhe a si escolher.

Peça a Deus, com confiança e determinação, que ponha no seu caminho a ajuda médica de que precisa. Acredite que os desígnios divinos são insondáveis e misteriosos, e que Deus tem recursos que não conseguimos adivinhar. Pela Sua vontade, tudo pode acontecer, tudo pode ser resolvido e curado, por isso mantenha sempre a chama da esperança acesa no seu coração.

A doença alimenta-se, muitas vezes, de si mesma. Não concentre a sua energia no que lhe dói e desvie o foco da sua atenção para a cura. Pense sempre, e repita em voz alta as vezes que forem necessárias:

«Eu posso curar-me.»

Quando os pensamentos negativos estiverem prestes a dominá-lo, afaste-os. Tanto quanto lhe for possível, faça algo de que gosta, dedique o máximo de tempo que puder a actividades que o descontraiam e que o façam sentir-se bem, que o deixem mais leve. Procure estar com pessoas positivas, não dê ouvidos a quem o deixa desanimado. Siga à risca os tratamentos que lhe são prescritos pelo médico e oiça sempre o seu corpo. Procure compreender aquilo que ele quer que você saiba, as suas necessidades, o que precisa de ser corrigido. Ao acreditar que a cura é possível, está a enviar ao Universo essa crença e a atrair a sua concretização.

Diga sempre coisas positivas, de uma forma afirmativa. Diga, por exemplo: «Estou bom!» ou «Sinto-me mesmo bem!». Quando nos encontramos doentes, ou temos um familiar ou uma pessoa próxima doente, devemos ter muito cuidado com as palavras que usamos, com aquilo que dizemos. As palavras, por criarem uma vibração energética, materializam os nossos pensamentos e atraem a nossa realidade.

Se um problema de saúde não tem, aparentemente, solução, o remédio passa por aprendermos a viver e a lidar com ele, não permitindo que ele comande a nossa vida, não deixando que ele anule a pessoa que somos.

Visualize-se curado, e mantenha essa imagem durante o máximo de tempo que puder, todos os dias. Se está internado, veja-se a sair do hospital. Repare em todos os pormenores, crie uma imagem mental que seja tão detalhada quanto possível. Sustente esta imagem na sua mente durante algum tempo e repita-a, na sua cabeça, todos os dias, várias vezes ao dia. Enquanto segue os tratamentos médicos que lhe foram prescritos, alimente-se de saúde. Dê saúde à sua mente, aos seus pensamentos – e ela chegará ao seu corpo.

Veja também:

 

 

 

 

 

 

 

Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema


< VOLTAR
PARTILHAR NA REDE:  

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Novidades


Publicada a 22/01/2019

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS

Publicada a 14/07/2016

Maria Helena tem novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO na SIC INTERNACIONAL

Maria Helena apresenta na SIC Internacional o seu novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO

+ VER MAIS

Publicada a 16/09/2015

Maria Helena fala sobre a importância de viver no momento presente

Maria Helena é convidada especial do programa Não faz sentido, da SIC MULHER, onde explica porque é tão importante viver no momento presente e deixar para trás o passado.

+ VER MAIS
Formulário fale comigo
CONSULTAS Marque aqui!

Escolha três cartas e
clique em cada uma delas.

Clique em cada carta para
conhecer o resultado.

Passado Presente Futuro

    Está a um passo de ter a sua resposta!

    Preencha o formulário

    Erro

      Autorizo que os meus dados sejam processados e utilizados para receber informações sobre os produtos, campanhas, promoções, novidades, ofertas e outros serviços.
    A confidencialidade e a integridade dos seus dados pessoais é uma das principais preocupações da Maria Helena Martins, pelo que nos regemos pelos mais elevados padrões de privacidade e de acordo com os seus direitos de proteção de dados, nomeadamente, os previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados.
    Precisamos do seu consentimento expresso para continuarmos a oferecer-lhe um serviço personalizado e de excelência.
    Caso pretenda, poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.

    O PENSAMENTO POSITIVO PARA SI...

    Esta é a sua frase de incentivo,
    para lhe trazer a força e a coragem
    de que precisa neste momento!

    COMO ANDA DE AMORES? LANCE OS DADOS DO AMOR E CONHEÇA A SUA SORTE! CONCENTRE-SE NA SUA PERGUNTA. QUANDO ESTIVER PREPARADO...

    A SUA SORTE ESTÁ LANÇADA...