blog
(00351) 210 929 000

O Salmo 119 para louvar Deus e para a realização dos seus sonhos no amor, no trabalho e nas finanças

O Salmo 119 é muito especial. Ele é um Salmo de louvor a Deus e traz mais força à sua fé e, dessa forma, ajuda a atrair mais facilmente a realização de todos os seus sonhos, a nível de amor, de trabalho e até das finanças.

Este é o Salmo mais longo da Bíblia, dividido em estrofes. Exalta a Lei Divina e presta homenagem a toda a Criação. Embora a sua leitura seja demorada, acredita-se que ler e refletir sobre esta Salmo ajuda a atrair a realização de milagres.

1. Felizes os que seguem o caminho da rectidão

e vivem segundo a lei do Senhor.

2. Felizes os que cumprem os seus preceitos

e o procuram com todo o coração,

3. que não praticam o mal,

mas andam nos caminhos do Senhor.

4. Promulgaste os teus preceitos

para se cumprirem fielmente.

5. Oxalá os meus passos sejam firmes

no cumprimento dos Teus decretos.

6. Então não terei de que me envergonhar,

se observar os teus Mandamentos.

7. Poderei louvar-te de coração sincero,

instruído pelos Teus justos juízos.

8. Hei-de cumprir as Tuas leis;

não me abandones mais!

 

9. Como poderá um jovem manter puro o seu caminho?

Só guardando as Tuas palavras.

10. Eu procuro-Te com todo o coração;

não deixes que me afaste dos Teus mandamentos.

11. Guardo no meu coração as Tuas promessas,

para não pecar contra Ti.

12. Bendito sejas, Senhor!

Ensina-me as Tuas leis.

13. Anuncio com os meus lábios

todos os decretos da Tua boca.

14. Alegro-me mais em seguir as Tuas ordens,

do que em possuir qualquer riqueza.

15. Meditarei nos Teus preceitos

e prestarei atenção aos Teus caminhos.

16. Hei-de alegrar-me com as Tuas leis;

não esquecerei as Tuas palavras.

 

17. Concede ao Teu servo uma longa vida

e eu cumprirei as Tuas palavras.

18. Abre os meus olhos

para que eu veja as maravilhas da Tua lei.

19. Sou um peregrino nesta terra;

não me escondas os Teus Mandamentos.

20. A minha alma suspira sem cessar,

desejando conhecer os Teus juízos.

21. Tu repreendes os soberbos;

amaldiçoas os que se afastam dos Teus mandamentos.

22. Livra-me dos seus insultos e desprezos,

porque tenho cumprido os Teus preceitos.

23. Ainda que os grandes conspirem contra mim,

o Teu servo meditará nas Tuas leis.

24. Os Teus preceitos são as minhas delícias;

são eles os meus conselheiros.

 

25. A minha alma está prostrada por terra;

dá-me vida segundo a Tua palavra.

26. Expus-te os meus caminhos e Tu me respondeste;

ensina-me as Tuas leis.

27. Faz-me compreender o caminho dos Teus preceitos

para meditar nas Tuas maravilhas.

28. A minha alma chora de tristeza;

reconforta-me, segundo a Tua palavra.

29. Afasta-me dos caminhos da mentira;

concede-me a graça da Tua lei.

30. Escolhi o caminho da verdade

e preferi as Tuas sentenças.

31. Abraço as Tuas ordens;

não permitas, Senhor, que seja confundido.

32. Correrei pelo caminho dos Teus mandamentos,

porque deste largas ao meu coração.

 

33. Ensina-me, Senhor, o caminho das Tuas leis

e eu hei-de cumpri-las com fidelidade.

34. Dá-me entendimento para cumprir a Tua lei;

hei-de obedecer-lhe de todo o coração.

35. Conduz-me pela senda dos Teus Mandamentos,

porque neles estão as minhas delícias.

36. Inclina o meu coração para as Tuas ordens,

e não para a cobiça.

37. Desvia os meus olhos dos deuses vãos;

faz-me viver nos Teus caminhos.

38. Confirma ao Teu servo a Tua promessa

destinada aos que Te obedecem.

39. Afasta de mim a afronta, que eu temo,

pois são agradáveis os Teus decretos.

40. Vê como tenho desejado os Teus preceitos;

faz-me viver segundo a Tua justiça.

 

41. Desça sobre mim, Senhor, a Tua bondade;

salva-me, segundo a Tua promessa!

42. Darei, então, resposta aos que me insultam,

porque confio na Tua palavra.

43. Não me tires da boca a palavra da verdade,

porque pus a minha esperança nas Tuas sentenças.

44. Assim, cumprirei continuamente a Tua lei,

para todo o sempre.

45. Andarei seguro no meu caminho,

porque busquei as Tuas instruções.

46. Diante dos reis falarei dos Teus preceitos

e ninguém me há-de envergonhar.

47. Deleito-me nos Teus Mandamentos,

que muito amo.

48. Levanto as mãos para os Teus Mandamentos

e meditarei nas tuas leis.

 

49. Lembra-te da palavra que deste ao Teu servo,

pois nela me fizeste colocar a minha esperança.

50. É esta a consolação na minha angústia:

que a Tua palavra me dê vida!

51. Os soberbos zombaram de mim,

mas não me afastei da Tua Lei.

52. Recordo-me dos Teus decretos de outrora;

neles encontro consolação, ó Senhor.

53. Fico indignado à vista dos ímpios,

que rejeitam a Tua lei.

54. Os Teus preceitos são o motivo dos meus cânticos

na terra do meu peregrinar.

55. Durante a noite lembro-me do Teu nome, Senhor,

e penso muito na Tua lei.

56. Só isto conta para mim:

obedecer às tuas instruções!

 

57. Senhor, eu disse: «A herança que me toca

é pôr em prática as Tuas ordens.»

58. De todo o coração imploro:

tem piedade de mim, segundo a Tua promessa!

59. Reflecti sobre os meus caminhos

e voltei a obedecer aos Teus preceitos.

60. Apressei-me e não demorei

em cumprir os Teus mandamentos.

61. Cercaram-me os laços dos ímpios,

mas não me esqueci da Tua lei.

62. À meia-noite levanto-me para te louvar,

por causa das Tuas justas sentenças.

63. Sou amigo de todos os que Te obedecem

e cumprem as Tuas ordens.

64. Senhor, a terra está cheia da Tua bondade;

ensina-me as Tuas leis.

 

65. Trataste com bondade o Teu servo,

segundo a Tua palavra, Senhor.

66. Dá-me sabedoria e conhecimento,

pois confio nos Teus mandamentos.

67. Antes de me teres humilhado, eu pecava;

mas, agora, cumpro a Tua palavra.

68. Tu és bom e generoso;

ensina-me as Tuas leis.

69. Os soberbos forjam mentiras contra mim,

mas eu cumpro as Tuas instruções de todo o coração.

70. O seu coração tornou-se insensível,

mas eu deleito-me na Tua lei.

71. Foi bom para mim ter sido castigado,

pois assim aprendi os Teus decretos.

72. Prezo mais a lei da Tua boca

do que milhões em ouro e prata.

 

73. As tuas mãos criaram-me e fizeram-me;

dá-me inteligência para aprender os Teus Mandamentos.

74. Ao verem-me, os Teus fiéis hão-de alegrar-se,

porque assentei a minha esperança na Tua palavra.

75. Senhor, eu sei que as Tuas sentenças são justas

e que me castigaste para meu proveito.

76. Que a tua bondade me sirva de conforto,

conforme o que prometeste ao Teu servo.

77. Mostra-me a Tua misericórdia e viverei,

porque a Tua lei faz as minhas delícias.

78. Sejam confundidos os insolentes,

que injustamente me torturam,
a mim que medito nos Teus preceitos.

79. Unam-se a mim os que Te obedecem

e conheçam os Teus preceitos.

80. Que o meu coração obedeça às Tuas leis,

para não ter de que me envergonhar.

 

81. A minha alma espera na Tua salvação:

confio na Tua palavra.

82. Os meus olhos suspiram pelo cumprimento da Tua promessa:

«Quando virás consolar-me?»

83. Estou como um odre exposto ao fumo,

mas não me esqueci dos Teus preceitos.

84. Quantos dias restarão ao Teu servo?

Quando condenarás os que me perseguem?

85. Os orgulhosos, que não obedecem à tua lei,

abriram covas para mim.

86. Todos os Teus mandamentos são verdadeiros;

ajuda-me contra os que me perseguem à traição.

87. Por pouco não me eliminaram desta terra,

mas nunca reneguei os teus preceitos.

88. Dá-me a vida, segundo a tua bondade,

e cumprirei as ordens da Tua boca.

 

89. Senhor, a Tua palavra permanece para sempre,

mais estável do que os céus.

90. A Tua fidelidade atravessa as gerações;

formaste a terra e ela continua firme.

91. Pelos Teus decretos, tudo se mantém até hoje,

porque tudo está ao Teu serviço.

92. Se a Tua lei não fizesse as minhas delícias,

já teria sucumbido na minha aflição.

93. Jamais esquecerei os Teus preceitos,

pois é por eles que me dás a vida.

94. Eu sou teu: salva-me,

pois sempre tenho seguido os Teus preceitos!

95. Os ímpios procuram a minha perdição,

mas eu estou atento às Tuas ordens.

96. Descubro limites em tudo o que parece perfeito,

mas os Teus mandamentos são infinitos.

 

97. Quanto amo, Senhor, a Tua lei!

Nela medito todos os dias.

98. Fizeste-me mais sábio do que os meus inimigos,

porque os Teus mandamentos estão sempre comigo.

99. Tornei-me mais sábio do que todos os mestres,

porque medito sempre nos  Teus preceitos.

100E. ntendo mais do que os anciãos,

porque cumpro as Tuas instruções.

101. Desviei os meus pés de todo o mau caminho

para obedecer às Tuas palavras.

102. Não me tenho desviado das Tuas sentenças,

pois és Tu quem me ensina.

103. Como são doces, ao meu paladar, as Tuas palavras!

Mais doces do que o mel para a minha boca.

104. Dos teus preceitos recebi entendimento;

por isso detesto os caminhos da mentira.

 

105. A Tua palavra é farol para os meus passos

e luz para os meus caminhos.

106. Jurei e vou cumprir:

hei-de guardar os Teus justos decretos.

107. Senhor, sinto-me angustiado;

dá-me a vida, segundo a Tua promessa.

108. Senhor, aceita os louvores da minha boca

e dá-me a conhecer os Teus decretos.

109. A minha vida está continuamente em perigo,

mas não me esqueço da Tua lei.

110. Os pecadores armaram-me ciladas,

mas nunca me afastei dos Teus preceitos.

111. As tuas ordens são a minha herança para sempre,

porque elas alegram o meu coração.

112. O meu coração decidiu cumprir as Tuas leis;

seja essa para sempre a minha recompensa.

 

113. Odeio a hipocrisia,

mas tenho afeição à Tua lei.

114. Tu és o meu amparo e a minha protecção;

na Tua palavra pus a minha esperança.

115. Afastai-vos de mim, pecadores,

pois quero cumprir os mandamentos do meu Deus.

116. Ampara-me, segundo a tua promessa, e viverei;

não desiludas a minha esperança.

117. Ajuda-me e estarei salvo;

assim observarei sempre os Teus decretos.

118. Repudias todos os que se afastam das Tuas leis,

porque os seus pensamentos são enganadores.

119. Consideras como escória os malvados da terra;

por isso, amo os Teus preceitos.

120. O meu corpo estremece de temor na Tua presença,

e os Teus decretos inspiram-me respeito.

 

121. Tenho praticado o que é recto e justo;

não me abandones ao poder dos meus inimigos.

122. Defende o bem do Teu servo,

para que não me oprimam os arrogantes.

123.Os meus olhos consomem-se à espera da Tua ajuda

e do prometido pela Tua justiça.

124. Trata o Teu servo segundo o Teu amor,

e ensina-lhe as Tuas leis.

125. Sou Teu servo: dá-me entendimento

para eu conhecer os Teus preceitos.

126. É tempo de agires, Senhor;

eles desprezaram a Tua lei.

127. Por isso amo os Teus mandamentos,

muito mais que o ouro fino.

128. Por isso sigo os Teus preceitos

e tenho horror aos caminhos da mentira.

 

129. Os Teus preceitos são admiráveis;

por isso a minha alma os observa.

130. O conhecimento dos Teus ensinamentos ilumina

e dá inteligência aos simples.

131. Abro, com avidez, a minha boca,

porque tenho fome dos Teus Mandamentos.

132. Olha para mim, tem piedade de mim,

como costumas fazer com os que amam o Teu nome.

133. Dá firmeza aos meus passos, segundo a Tua promessa;

não permitas que me domine qualquer maldade.

134. Livra-me da opressão dos homens,

para eu cumprir os Teus preceitos.

135. Que a tua presença ilumine o Teu servo;

ensina-me as Tuas leis.

136. Dos meus olhos correm rios de água,

porque a Tua lei já não é cumprida.

 

137. Senhor, Tu és justo

e as Tuas sentenças são rectas.

138. Deste-nos os Teus preceitos com justiça

e exigiste de nós total fidelidade.

139. O meu zelo me consome,

ao ver que os meus inimigos desprezam as Tuas palavras.

140. As Tuas promessas já foram provadas;

por isso o Teu servo as prefere.

141. Sou humilde e desprezível,

mas não me esqueço dos Teus preceitos.

142. A Tua justiça é eterna,

e a Tua lei, verdadeira.

143. Estou cheio de angústia e tribulação,

mas encontro alívio nos Teus Mandamentos.

144. As Tuas prescrições são sempre justas;

ajuda-me a conhecê-las, e viverei.

 

145. Senhor, eu Te invoco de todo o coração;

ouve-me, pois quero cumprir os Teus decretos.

146. Por ti clamo; salva-me

e cumprirei os Teus preceitos.

147. De manhã cedo imploro o Teu auxílio

e espero na Tua palavra.

148.  Os meus olhos antecipam-se às vigílias da noite

para meditar na Tua promessa.

149. Ouve, Senhor, a minha voz, pelo Teu amor;

dá-me vida, conforme prometeste.

150. Aproximam-se os que correm atrás da iniquidade

e se afastam da Tua lei.

151. Mas também Tu, Senhor, estás perto;

todos os Teus mandamentos são verdadeiros.

152. Desde muito novo conheço os Teus preceitos;

Tu os estabeleceste para sempre.

 

153. Vê as minhas aflições e livra-me,

pois não me esqueci da Tua lei.

154. Defende a minha causa e salva-me;

dá-me vida, segundo a Tua promessa.

155. A salvação está longe dos ímpios,

porque não observam os Teus decretos.

156. Grande é a Tua bondade, Senhor;

dá-me vida, segundo as Tuas promessas.

157. Muitos são os meus inimigos e opressores,

mas eu não me afasto dos Teus preceitos.

158. Ao ver os transgressores, fico desgostoso

porque não guardam a Tua palavra.

159. Vê como amo os Teus decretos;

dá-me vida, pela tua bondade, Senhor.

160. A essência da Tua palavra é a verdade;

os Teus decretos são justos e eternos.

 

161. Os poderosos perseguem-me sem razão,

mas o meu coração só teme a Tua palavra.

162. Sinto-me feliz com a Tua promessa,

como quem encontra um grande tesouro.

163. Odeio e detesto a mentira,

mas amo a Tua lei.

164. Sete vezes por dia Te louvo,

por causa dos teus justos decretos.

165. Os que amam a Tua lei gozam de grande paz;

não há nada que os perturbe.

166. Senhor, espero na Tua ajuda

e cumpro os Teus Mandamentos.

167. A minha alma observa os Teus preceitos

e ama-os profundamente.

168. Observo os Teus preceitos e as Tuas leis,

pois Tu conheces todos os meus caminhos.

 

169. Senhor, chegue à Tua presença o meu clamor;

ensina-me, segundo a Tua palavra.

170. Suba à Tua presença a minha súplica;

livra-me, conforme a Tua promessa.

171. Os meus lábios anunciam os Teus louvores,

porque me ensinas os Teus preceitos.

172. A minha língua proclame a Tua palavra,

porque todos os Teus mandamentos são justos.

173. Que a tua mão venha em meu auxílio,

porque escolhi os Teus preceitos.

174. Eu suspiro, Senhor, pela Tua ajuda;

a Tua lei faz as minhas delícias.

175. Viva eu sempre para Te louvar;

que os Teus decretos me ajudem.

176. Ando errante, como ovelha perdida;

vem à procura do Teu servo,
pois não me esqueci dos Teus mandamentos.

Conheça também:

O Salmo 120 para reconciliação

O Salmo 13 para fortalecer a fé e afastar os pensamentos depressivos

O Salmo 30 para ter saúde

O poderoso Salmo 7 para afastar inimigos e invejas

Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema

 

< VOLTAR
PARTILHAR NA REDE:  

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Vídeos


Novidades


Publicada a 20/08/2019

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS
Formulário fale comigo
CONSULTAS Marque aqui!

Escolha três cartas e
clique em cada uma delas.

Clique em cada carta para
conhecer o resultado.

Passado Presente Futuro

    Está a um passo de ter a sua resposta!

    Preencha o formulário

    Erro

      Autorizo que os meus dados sejam processados e utilizados para receber informações sobre os produtos, campanhas, promoções, novidades, ofertas e outros serviços.
    A confidencialidade e a integridade dos seus dados pessoais é uma das principais preocupações da Maria Helena Martins, pelo que nos regemos pelos mais elevados padrões de privacidade e de acordo com os seus direitos de proteção de dados, nomeadamente, os previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados.
    Precisamos do seu consentimento expresso para continuarmos a oferecer-lhe um serviço personalizado e de excelência.
    Caso pretenda, poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.

    O PENSAMENTO POSITIVO PARA SI...

    Esta é a sua frase de incentivo,
    para lhe trazer a força e a coragem
    de que precisa neste momento!

    COMO ANDA DE AMORES? LANCE OS DADOS DO AMOR E CONHEÇA A SUA SORTE! CONCENTRE-SE NA SUA PERGUNTA. QUANDO ESTIVER PREPARADO...

    A SUA SORTE ESTÁ LANÇADA...