blog
(00351) 210 929 030

Ervas afrodisíacas

Todas estas plantas têm um aroma intenso e penetrante. Devido às suas características picantes e estimulantes, umas mais que outras, quando ingeridas produziam uma sensação nova, mas agradável, de euforia que induzia o desejo amoroso. Por essa razão foram consideradas afrodisíacas e proibidas noutros tempos.

 

Hoje em dia a sua utilização é comum e essencial para a cozinha de todas as regiões do mundo e as suas propriedades afrodisíacas, muitas por sugestão, já não assustam mas até agradam. No campo ou num jardim perfumam o ar com os seus aromas profundos. Adicionadas aos cozinhados e saladas activam o sabor dos ingredientes e tornam os pratos mais interessantes e exóticos. Em chás, infusões, banhos e óleos as suas propriedades terapêuticas e estimulantes são libertadas proporcionando uma sensação de bem-estar físico.

 

Açafrão - Especiaria estimulante utilizada em pó de cor amarela ou vermelha. Na Ásia é empregada para tingir tecidos. Adiciona-se ao arroz e ao marisco para dar uma cor amarela e um sabor delicioso.

 

Alfazema – planta de aroma muito agradável, afrodisíaca cujas sementes são utilizadas para perfumes e sabonetes. As sementes adicionadas à sopa realçam o seu sabor, mas devem ser retiradas antes de servir.

 

Anis – Tem um sabor forte e interessante. Quem não gosta, não gosta mesmo. As sementes são utilizadas para xaropes, bolos e licores. O licor de anis era utilizado para estimular sexualmente.

 

Baunilha – o extracto de baunilha serve para bolos, gelados, café e chocolate. Tem um sabor e cheiro doce e quente e há quem goste de perfumar o corpo ou a roupa com a sua essência.

 

Canela – Ligeiramente picante e agradável, a canela é utilizada em pó ou em pau para doces, cafés, chás e no caril. Chá de canela é bom para as dores de menstruação.

 

 

Cravinho – Especiaria perfumada e picante que alivia a dor e é utilizada na Ásia e América do Sul para dar um toque mais exótico aos cozinhados.

 

Gengibre – Raiz de sabor forte e perfumado que induzia amantes. Pode ser consumida em pó nos bolos e cozinhados exóticos. Em chá ou mesmo fresco, como na cozinha japonesa, serve como digestivo.

 

Hortelã – planta silvestre de sabor fresco a menta óptimo para bebidas e chás e para temperar carnes e sopas. Nalguns países árabes e do Norte de África serve-se num chá açucarado. Na idade média servia para estimular cavalos.

 

Louro – uma ou duas folhas acrescenta um sabor mais interessante aos pratos de carne, em particular borrego. Para os Romanos o louro era considerado um símbolo de virilidade e os soldados usavam-no em coroas.

 

Manjericão – Com um aroma suave e delicioso as folhas podem se utilizadas em saladas, especialmente com tomate. Existem cultos muito antigos relacionados à paixão e fertilidade e ainda hoje em Portugal existe a tradição das raparigas solteiras porem um manjerico (que tem folhas mais pequenas) à janela no dia de Santo António.

 

Orégão – Perfumado e intenso é ingrediente essencial na cozinha mediterrânica pois intensifica o sabor de carnes e legumes. Tem características sensuais especialmente quando misturada com a água do banho.

 

Pimenta – estimulante natural, que aquece e provoca ligeira euforia. Acrescenta sabor e picante a quase todos os pratos e quando cheirado dá comichão no nariz e vontade de espirrar.

 

Salsa – fresca de sabor e cheiro, pode-se comer fresca ou adicionar a cozinhados de carnes ou alguns legumes juntamente com alho. Combina muito bem com cogumelos. Tem umas folhas suaves que são ideais para cócegas e carícias. Antigamente era associada a bruxarias.

 

Salva – as folhas são utilizadas para temperar carnes de sabor forte. Fresco ou seco tem um cheiro e sabor intenso e interessante. Na Grécia antiga acreditavam que um chá de salva aumentava a fertilidade. As suas folhas secas penduradas afastam insectos.

 

Tomilho – um óptimo tempero para carnes e para o azeite. Tem um cheirinho fresco e estimulante mas é ligeiramente amargo de sabor. Também se pode beber em chá e é bom para a tosse.

 

 

 

 

Veja também:

Mezinha caseira para o tratamento da diabetes

Mezinha caseira para ter alegria e motivação

Mezinha caseira para afastar as alergias da Primavera

O que acontece numa consulta de Naturopatia (Medicina Natural)?

O Centro Maria Helena dispõe de consultas de Medicina Natural. Ligue 210 929 000 para mais informações.

Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema

 

 

 
 

< VOLTAR
PARTILHAR NA REDE:  

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Vídeos


Novidades


Publicada a 03/07/2020

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS
Formulário fale comigo
CONSULTAS Marque aqui!

Escolha três cartas e
clique em cada uma delas.

Clique em cada carta para
conhecer o resultado.

Passado Presente Futuro

    Está a um passo de ter a sua resposta!

    Preencha o formulário

    Erro

      Autorizo que os meus dados sejam processados e utilizados para receber informações sobre os produtos, campanhas, promoções, novidades, ofertas e outros serviços.
    A confidencialidade e a integridade dos seus dados pessoais é uma das principais preocupações da Maria Helena Martins, pelo que nos regemos pelos mais elevados padrões de privacidade e de acordo com os seus direitos de proteção de dados, nomeadamente, os previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados.
    Precisamos do seu consentimento expresso para continuarmos a oferecer-lhe um serviço personalizado e de excelência.
    Caso pretenda, poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.

    O PENSAMENTO POSITIVO PARA SI...

    Esta é a sua frase de incentivo,
    para lhe trazer a força e a coragem
    de que precisa neste momento!

    COMO ANDA DE AMORES? LANCE OS DADOS DO AMOR E CONHEÇA A SUA SORTE! CONCENTRE-SE NA SUA PERGUNTA. QUANDO ESTIVER PREPARADO...

    A SUA SORTE ESTÁ LANÇADA...