blog
(00351) 210 929 030

Como vencer o ciúme?

Quando amamos alguém, desejamos ser únicos e especiais para essa pessoa a quem entregamos o nosso coração e a plenitude do nosso ser. O ciúme está estreitamente relacionado com a insegurança. Quanto mais seguros de nós próprios somos, maior é a consciência que temos do nosso valor e de que somos únicos e insubstituíveis, e menos razões temos que nos induzam ao sentimento de ciúme.

A falta de confiança em nós leva a que estejamos sempre com medo que o nosso parceiro perca o interesse que tem por nós, e mesmo que não tenhamos consciência dos processos mentais que nos levam a assumir comportamentos ciumentos, desenvolvemos o receio latente de sermos trocados por outra pessoa, sentindo ciúme ao que entendemos ser um mínimo sinal de perigo de perda.

Para vencer o ciúme, é fundamental ter consciência daquilo que o motiva e compreender por que razão o sente. Para tal, passe em revista todas as relações amorosas que já teve e procure analisá-las com objectividade, procurando identificar, de forma sincera e honesta para consigo mesmo, se assumiu sentimentos de posse e de ciúme, em momentos esporádicos ou de forma recorrente. Quanto mais ciumenta uma pessoa for, mais insegura e vulnerável ela é. Importa entender de onde veio esta insegurança, para poder erradicá-la da sua vida, libertando-se dela.

Ninguém pode amar-nos mais do que nós mesmos, nenhuma outra pessoa tem a capacidade de nos dar o amor que nos falta. O amor é uma partilha, uma corrente de energia positiva que se dá sem esperar nenhuma gratificação em troca, e na verdade nada tem que ver com o sentimento de posse em relação a outra pessoa. E, se entendermos que nunca somos donos de ninguém, que todos os outros são seres absolutamente livres como nós, deixamos de sentir ciúme, porque compreendemos e sentimos que o amor não se esgota.

Dica positiva: Nós dependemos daquilo de que queremos depender. Mantermo-nos presos a um relacionamento assente na posse, no ciúme e na obsessão impede-nos de realizar o potencial amoroso do nosso ser e de viver sentimentos plenos e bons, como o amor e a amizade, que dão sentido à nossa vida e trazem luz ao nosso ser.

Se na sua vida experimenta ou já experimentou uma relação de ciúme ou possessividade que vai além de um impulso ou de uma situação passageira e assume proporções ao ponto de ferir um ou os dois membros do casal, analise-a. Procure identificar aquilo que desencadeia o ciúme. De que é que o seu parceiro, ou você, tem medo? O que o leva a sentir-se inseguro? Como pode fortalecer a relação e acabar com a insegurança que alicerça o ciúme e o sentimento de posse? É possível fazê-lo? Saber quando devemos retirar-nos de uma situação é tão importante como saber quando devemos mantê-la. Preservar uma relação que nos expõe ao ciúme doentio e que nos arrasta para sentimentos negativos e destrutivos afasta-nos do amor e impede-nos de sermos felizes. Quando tentamos fazer tudo da forma correcta para fortalecer a nossa relação através da honestidade, da lealdade, da frontalidade e da confiança, e mesmo assim não conseguimos fazê-lo, devemos a nós próprios a coragem de nos libertarmos do que nos sufoca e de partirmos em busca da felicidade que merecemos.

Texto retirado do livro O Meu Segredo, de Maria  Helena

Veja também:

Ter uma família e um casamento feliz

Nunca é tarde para amar

 

 

 

 

 

Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema

 

 

 

< VOLTAR
PARTILHAR NA REDE:  

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Vídeos


Características de Carneiro

Novidades


Publicada a 07/07/2020

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS

Publicada a 06/07/2020

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS
Formulário fale comigo
CONSULTAS Marque aqui!

Escolha três cartas e
clique em cada uma delas.

Clique em cada carta para
conhecer o resultado.

Passado Presente Futuro

    Está a um passo de ter a sua resposta!

    Preencha o formulário

    Erro

      Autorizo que os meus dados sejam processados e utilizados para receber informações sobre os produtos, campanhas, promoções, novidades, ofertas e outros serviços.
    A confidencialidade e a integridade dos seus dados pessoais é uma das principais preocupações da Maria Helena Martins, pelo que nos regemos pelos mais elevados padrões de privacidade e de acordo com os seus direitos de proteção de dados, nomeadamente, os previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados.
    Precisamos do seu consentimento expresso para continuarmos a oferecer-lhe um serviço personalizado e de excelência.
    Caso pretenda, poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.

    O PENSAMENTO POSITIVO PARA SI...

    Esta é a sua frase de incentivo,
    para lhe trazer a força e a coragem
    de que precisa neste momento!

    COMO ANDA DE AMORES? LANCE OS DADOS DO AMOR E CONHEÇA A SUA SORTE! CONCENTRE-SE NA SUA PERGUNTA. QUANDO ESTIVER PREPARADO...

    A SUA SORTE ESTÁ LANÇADA...