blog
(00351) 210 929 030

A magia da Estrela Sirius e o novo Ano egípcio

Sabia que, para os Egípcios, o ano novo começou no dia 26 de Julho? Este povo seguia o calendário Maia, segundo o qual o ano se divide num período de 13 luas, as quais começam a ser contadas a partir do dia 26 de Julho*, tendo a duração de 364 dias e mais um dia chamado o "dia fora de tempo", um dia especial que é assinalado a 26 de Julho*. Saiba mais sobre o horóscopo egípcio e conheça o seu signo!

O ano novo Egípcio começou no dia 26 de Julho de 2017 e, este ano, é o ano Semente Cristal Amarela, que se prolongará até ao dia 24 de Julho de 2018. Começa nesta data porque segue o calendário Maia, que determina o início de um novo ano neste período porque coincide com a ascenção de Sirius, a estrela maior e mais brilhante, que nesse dia nasce minutos antes do nascer do Sol. Este evento cósmico representava a abundância e a luz na Terra, coincidindo com as cheias do Rio Nilo, fonte principal de onde derivava todo o sustento egípcio. Por ser um período de fertilidade e riqueza passou aa marcar o início de um ciclo - um novo ano.

A estrela Sirius (do grego, que significa "ardente, abrasador") é a mais brilhante que se vê a partir da Terra, sendo a principal estrela da constelação "Cão maior", a maior e mais próxima do nosso sistema solar. Os povos antigos acreditavam que Sirius era, assim, o ponto de ligação entre a Terra e o conhecimento cósmico superior existente noutras galáxias. Acredita-se que todos os anos, no período compreendido entre 26 de Julho e 12 de Agosto, tendo sempre o seu pico no dia 8 de Agosto, se abre um portal cósmico através do posicionamento de Sirius, do Sol e da Terra, permitindo-nos aceder a conhecimentos mais evoluídos e ascender espiritualmente, acelerando o nosso processo natual de evolução.

                                                          Veja mais sobre o Portal do Leão aqui

A estrela Sirius captou as atenções e o interesse dos primeiros povos, não só porque é a estrela mais brilhante do céu noturno na Terra como porque está isolada, não tendo estrelas de destaque ao seu lado. Sirius é vista a partir de quase todos os pontos do globo terrestre, até no início e no final do dia, e à noite. A Grande Pirâmide do Egipto está alinhada com a estrela Sirius, atribuindo-se uma grande importância ao fenómeno chamado nascimento helíaco de Sírius - o dia (26 de Julho) em que nasce antes do Sol. Sirius deixa de estar visível a partir da Terra durante 35 dias depois deste "encontro" com o Sol, e também não se consegue ver durante os 35 dias que o antecedem, porque o brilho do Sol a ofusca. Portanto, entre os dias 20 e Julho e 29 de Agosto não conseguimos ver Sirius nos céus.

Sabia que a palavra "canícula", que usamos em Agosto, se refere à Estrela Sirius, porque pertence à constelação do Cão Maior? Este termo é usado, precisamente, para definir os dias de calor abrasador.

Para além disso, o início  também se relaciona com uma profecia dos sacerdotes Maias.

Diz-se que o povo Maia, que viveu na América Central, é originário de outras galáxias, razão pela qual possuíam tantos conhecimentos e nos deixaram um tão vasto legado ao nível da sabedoria espiritual. Os Maias dividiam o ano num período de 13 ciclos lunares completos (isto é, quando a Lua atravessa as suas 4 fases), o que perfaz um total de 364 dias (13 x 28 dias), sobrando um. Esse dia, que acontece a 25 de Julho, era chamado o "dia fora de tempo", a véspera do novo ano, a que os Maias chamavam o dia do perdão universal, dedicado à meditação, à reflexão e ao desapego em relação a mágoas e a rancores do passado, visando procurar dentro de nós a nossa essência mais pura e mais profunda, estreitando a nossa relação com o plano Divino. 

Na primeira semana do Ano Novo Egípcio era reverenciada a deusa Ísis, esposa e irmã do Faraó, que é a principal deusa adorada pelos Egípcios e que está cosmicamente associada à Estrela Sirius. As festividades honravam a ligação com a Terra, a paz e a união entre todos e a valorização do tempo, precioso e permanentemente fugaz. Neste período parava-se o trabalho quotidiano e passava-se mais tempo em comunidade, reflexão e meditação. 

* Segundo outros estudiosos, o início do ano egípcio e o dia do nascimento helíaco de Sirius acontece no dia 16 de Julho.

                                 Conheça o seu signo no Horóscopo Egípcio - clique aqui

Veja também:

 

 

 

 

 

 


Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema

 

< VOLTAR
PARTILHAR NA REDE:  

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Vídeos


Vou ganhar o caso em tribunal?

Novidades


Publicada a 13/07/2020

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS

Publicada a 10/07/2020

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS
Formulário fale comigo
CONSULTAS Marque aqui!

Escolha três cartas e
clique em cada uma delas.

Clique em cada carta para
conhecer o resultado.

Passado Presente Futuro

    Está a um passo de ter a sua resposta!

    Preencha o formulário

    Erro

      Autorizo que os meus dados sejam processados e utilizados para receber informações sobre os produtos, campanhas, promoções, novidades, ofertas e outros serviços.
    A confidencialidade e a integridade dos seus dados pessoais é uma das principais preocupações da Maria Helena Martins, pelo que nos regemos pelos mais elevados padrões de privacidade e de acordo com os seus direitos de proteção de dados, nomeadamente, os previstos no Regulamento Geral de Proteção de Dados.
    Precisamos do seu consentimento expresso para continuarmos a oferecer-lhe um serviço personalizado e de excelência.
    Caso pretenda, poderá consultar a nossa Política de Privacidade aqui.

    O PENSAMENTO POSITIVO PARA SI...

    Esta é a sua frase de incentivo,
    para lhe trazer a força e a coragem
    de que precisa neste momento!

    COMO ANDA DE AMORES? LANCE OS DADOS DO AMOR E CONHEÇA A SUA SORTE! CONCENTRE-SE NA SUA PERGUNTA. QUANDO ESTIVER PREPARADO...

    A SUA SORTE ESTÁ LANÇADA...