blog
(00351) 210 929 030

A Lei da Atração

Seja no amor, no trabalho, ou na vida em geral, tenha consciência deste princípio: atraímos as pessoas e as situações conforme aquilo que pensamos e quem somos. A nossa vida é gerada pela energia emitida pelos nossos pensamentos.

Do mesmo modo, atraímos situações, pessoas e acontecimentos que de alguma forma reflectem o nosso interior, mesmo que não tenhamos consciência da vibração que emitimos.

No processo evolutivo da Reencarnação, atraímos para a nossa vida as circunstâncias e as pessoas que nos podem fornecer as oportunidades de aprendizagem de que precisamos para resolver os Karmas que trouxemos de vidas passadas, e para que possamos fazer a nossa evolução espiritual.

Para deixar de atrair situações que nos façam sofrer precisamos de, em primeiro lugar, libertarmo-nos dos pensamentos, emoções e sentimentos que as geram, pois ao fazê-lo deixamos de precisar delas: a aprendizagem já foi feita.

Quando superamos um desafio kármico libertamo-nos desse bloqueio e as circunstâncias recorrentes que outrora nos magoavam deixam de surgir, porque a prova que elas traziam já foi ultrapassada.

Do mesmo modo, para nos libertarmos de um padrão de relacionamento kármico, por exemplo, no qual uma pessoa atrai sistematicamente parceiros que a maltratam, que a traem, ou que a fazem sofrer, é necessário encontrar a origem desse "nó kármico", para poder desatá-lo e, assim, a pessoa deixar de atrair para a sua vida esse tipo de relacionamento.

Por representarem desafios difíceis, nem sempre superamos, à primeira, um nó kármico. Por essa razão, é frequente depararmo-nos, ao longo da nossa vida, com padrões que se repetem, com acontecimentos que nos marcam e que são muito semelhantes a outros que já vivemos, e que já nos fizeram sofrer anteriormente. Estes acontecimentos irão repetir-se sempre, ao longo da nossa vida e, se não forem aprendidos, de outras encarnações, até aprendermos essa lição.

Assim, para superar o Karma, é necessário em primeiro lugar compreender que lição aquele acontecimento, ou pessoa, nos está a querer ensinar. Depois, é necessário aceitar e perdoar, fazendo de outra maneira desta vez.

A aceitação não é resignação, assim como perdoar não é condescender que a outra pessoa tem razão. Ao perdoarmos libertamo-nos, acima de tudo, a nós próprios, e só assim podemos viver sem esse peso nos ombros.

Saiba mais numa consulta de Regressão no Centro Maria Helena, ligue 210 929 030 e saiba mais.*

* Todas as assistentes do Centro Maria Helena são formadas pela Dra. Maria Helena

 

Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema

 

 

< BACK
SHARE THIS PAGE:  

ORACLES

The Angels respond

The Angels respond

My Tarot

What's New?


Speak with me form
READINGS Book here!

Choose three cards and
click on each.

Click on each card
to know the result.

Past Present Future

    You are one step away from having your answer!

    Fill the form

    Erro

      I hereby authorize that my data be processed and used to receive information about products, campaigns, promotions, news, offers and other services. The confidentiality and integrity of your personal data is a major concern of Maria Helena Martins, that we adhere to the highest privacy standards and in accordance with your data protection rights, namely those provided for in the General Data Protection Regulations.
    We need your express consent to continue to offer you a personalized service and excellence.
    If you wish, you can consult our Privacy Policy here.

    THE POSITIVE THINKING FOR YOU ...

    This is your encouraging phrase,
    to bring you the strength and the courage
    you need right now!

    HOW WALTER OF LOVES? THROW THE DICE OF LOVE AND KNOW YOUR LUCK! CONCENTRATE IN YOUR QUESTION. WHEN YOU ARE READY...

    YOUR LUCK IS LAUNCHED ...