blog
(00351) 210 929 030

2016: o ano bissexto dá azar?

Por acontecer apenas de quatro em quatro anos, o ano bissexto suscita alguma inquietação e estranheza. Há quem receie que este ano seja pouco auspicioso, atraindo o azar para aquilo que é realizado neste ano, outras pessoas crêem que ele traz sorte e boa fortuna aos amores e aos projetos. Será que este ano tem um significado especial para a Astrologia? Saiba tudo!

O ano bissexto foi criado para corrigir a diferença entre o calendário Gregoriano de 365 dias e o tempo que a Terra demora a dar a volta ao Sol, que são 365 dias e 6 horas. De quatro em quatro anos, as seis horas extra de cada ano, todas somadas, compõem um dia, que é adicionado ao final de Fevereiro. Por isso, nos anos bissextos, Fevereiro tem 29 dias em vez dos habituais 28. O ano bissexto foi criado pelo Imperador Romano Júlio César, pois se não tivessemos este "acerto de contas" a cada quatro anos, com o passar do tempo as estações do ano estariam completamente desencontradas do calendário. Ao fim de 700 anos, o Inverno coincidiria com o Verão do calendário, e vice-versa! 

Uma curiosidade: A razão pela qual o mês de Fevereiro é o mais pequeno tem a ver com o orgulho dos Imperadores Romanos. O mês de Julho era um dos que tinha mais dias (31), em homenagem ao Imperador Júlio César, e quando César Augusto o substituiu quis que também o "seu" mês, Agosto, tivesse 31 dias! Por essa razão, roubaram-se dois dias ao mês de Fevereiro, para compensar haver dois meses seguidos de 31 dias (Julho e Agosto). Sendo o mês mais pequeno do calendário, foi a Fevereiro que se decidiu acrescentar um dia para fazer o acerto de contas no ano bissexto. 

Ainda antes de os Romanos instituirem este dia, já no tempo da civilização Maia, que viveu há 3000 anos e tinha conhecimentos profundos de Astronomia, havia um calendário composto por 13 luas de 28 dias e um dia extra chamado “dia fora do tempo”. 

O ano bissexto não afeta diretamente a Astrologia, a não ser nas datas de entrada do Sol nos signos. Muitas vezes as pessoas que nascem nos dias de transição têm dúvidas em relação ao seu signo, precisamente porque o Sol não entra nos signos todos os anos à mesma hora, e com este ajuste no calendário pode haver oscilações de um a dois dias na data de início de cada signo.

Uma questão curiosa em relação ao ano bissexto e à Astrologia tem a ver com as pessoas que nasceram no dia 29 de Fevereiro, e que só "fazem anos" de quatro em quatro anos. As pessoas que nasceram no dia 29 de Fevereiro são sempre Peixes! Para saberem, num ano que não seja bissexto, se devem comemorar o seu aniversário no dia 28 de Fevereiro ou no dia 1 de Março, podem, através de uma consulta de Astrologia, fazer o seu Mapa do Retorno solar para esse ano – esse Mapa mostra, em que dia e a que horas do ano corrente é que o Sol volta ao grau exato em que estava no dia em que nasceu.

Por exemplo, uma pessoa que nasceu no dia 29 de Fevereiro de 1988, às 15 horas, em Lisboa, tinha o Sol a 10⁰ 16 de Peixes. Fazendo o seu Mapa do Retorno Solar para o ano 2017, que não será bissexto, vemos que o Sol estará a 10⁰16 de Peixes no dia 28 de Fevereiro, às 15.48. Assim, em 2017 poderá celebrar o seu aniversário no dia 28 de Fevereiro!

De resto, o ano bissexto é mais importante para a Numerologia, que estuda a vibração e a energia dos números, do que para a Astrologia. O dia "extra" – 29 (de Fevereiro), na Numerologia tem a vibração 11 – que não se reduz e que resulta da soma de 2 + 9.

11 é um dos números chamados Mestres, números especiais que não se reduzem e que têm uma energia especial, uma missão. O 11 está ligado a uma poderosa intuição, é o número dos visionários. Tem uma forte ligação com a espiritualidade, e por isso este ano é um ano muito importante para o desenvolvimento da fé, para se motivar a si próprio e aprender a motivar os outros, pode ser um ano de grande inspiração em que se encontram soluções que há muito faziam falta.

O ano bissexto é um ano de acerto de contas, de ajuste, de equilíbrio – é isso que as pessoas devem procurar fazer neste ano para tirar o melhor partido da sua energia.

O ano bissexto surge associado a mitos e superstições

Como o ano bissexto "foge à norma" é compreensível que tenha havido sempre um certo receio em relação a ele. As pessoas temem aquilo que não conhecem bem, e por isso se criam mitos, superstições, que são formas de proteção contra o receio de que algo de mal aconteça neste ano que é diferente dos outros.

Há quem acredite que é um ano de sorte e que tudo o que iniciarmos no dia 29 de Fevereiro terá bons resultados.

Por outro lado, os Gregos acreditam que casar num ano bissexto dá azar.

Na Irlanda existe uma tradição curiosa, já desde o século V: Santa Brígida queixou-se a St. Patrick que as mulheres tinham que esperar demasiado tempo para os homens as pedirem em casamento. Para remediar a situação, St. Patrick resolveu que no dia 29 de Fevereiro os costumes seriam invertidos, sendo as mulheres a pedir aos homens em casamento. Em 1258, na Escócia, estabeleceu-se que qualquer homem que recusasse o pedido de casamento de uma mulher teria que pagar uma multa que poderia variar entre um beijo, um vestido ou umas luvas. 

 

Em 2016, não se deixe afetar pelos mitos! Este ano tem, na soma dos seus números (2+0+1+6) a energia 9, que representa o fechar de um ciclo (que iniciou há 9 anos atrás). Aproveite este ano para "arrumar a casa" da sua vida, a todos os níveis. Resolva o que tem a resolver, ponha fim ao que já não lhe traz nada de novo. É preciso é termos confiança em nós próprios e acreditar que conseguimos encarar as nossas ansiedades e que todos os problemas têm uma solução!

Veja também:

 

 

 

 

 

 

 

 

Preencha o formulário e receba a resposta ao seu dilema

 

< BACK
SHARE THIS PAGE:  

ORACLES

The Angels respond

The Angels respond

My Tarot

What's New?


Speak with me form
READINGS Book here!

Choose three cards and
click on each.

Click on each card
to know the result.

Past Present Future

    You are one step away from having your answer!

    Fill the form

    Erro

      I hereby authorize that my data be processed and used to receive information about products, campaigns, promotions, news, offers and other services. The confidentiality and integrity of your personal data is a major concern of Maria Helena Martins, that we adhere to the highest privacy standards and in accordance with your data protection rights, namely those provided for in the General Data Protection Regulations.
    We need your express consent to continue to offer you a personalized service and excellence.
    If you wish, you can consult our Privacy Policy here.

    THE POSITIVE THINKING FOR YOU ...

    This is your encouraging phrase,
    to bring you the strength and the courage
    you need right now!

    HOW WALTER OF LOVES? THROW THE DICE OF LOVE AND KNOW YOUR LUCK! CONCENTRATE IN YOUR QUESTION. WHEN YOU ARE READY...

    YOUR LUCK IS LAUNCHED ...