blog
(00351) 210 929 000
 

Os signos e o ciúme

Há quem diga que onde há amor existe ciúme, mas o exagero causa danos e sofrimento, não só na relação, como na vida de cada uma das pessoas envolvidas. Poucas são as pessoas que nunca sentiram ciúme. É-nos natural sentir uma certa possessividade em relação a quem amamos, e o medo da perda desperta os nossos instintos mais profundos e irracionais. Embora o ciúme esteja intimamente ligado à experiência de vida de cada um, a personalidade de cada signo do Zodíaco revela uma maior ou menos propensão para sentir ciúme. Ora confesse lá...

Carneiro


"Ciúmes? Eu não tenho ciúmes nenhuns! Eu sou muito liberal!" - Um nativo de Carneiro NUNCA (ou raramente, vá) admite que sente ciúme, embora dentro de si o sangue ferva sempre que o seu mais-que-tudo mostra uma atençãozinha especial para com a empregada do café, a colega de trabalho, a rapariga que apareceu na discoteca e que ele conhecia sabe-se lá de onde... No caso de Carneiro, o ciúme surge mais como uma afronta, pois para este signo é difícil aceitar que a pessoa amada possa encontrar interesse em outra pessoa. "Eu sou muito mais atraente! Olha para ela, cheia de celulite...." São alguns dos pensamentos que atravessam a mente da mulher Carneiro acometida por uma crise de ciúme. O homem Carneiro consegue ser mais moderado, embora o seu orgulho de "macho alfa" faça com que ele se apresse a dar um beijo à filme à sua namorada ou mulher, se houver outro homem a assumir um papel de destaque em cena... Felizmente, o ciúme de Carneiro é, como quase tudo na vida deste nativo, um impulso, que passa tão depressa quanto apareceu.

 

Touro

Touro é um dos signos mais possessivos do Zodíaco, e depressa se assume como ciumento pois para ele quem não sente ciúme não sente amor. Sendo extremamente fiel e dedicado a quem ama, não consegue conceber a traição e sente-se profundamente magoado quando o parceiro dedica uma atenção especial a outra pessoa. Um nativo de Touro movido pelo ciúme leva à frente tudo o que se encontra no seu caminho, tornando-se quase irracional. Para ele, a pessoa amada é algo "seu", e se outra pessoa ameaçar a sua segurança, "ousando" insinuar-se perante o seu par, terá de enfrentar um Touro enfurecido. Este nativo consegue mostrar-se frio, porém é imperturbável e obstinado na  defesa do que "é seu". Agarra firmemente na mão do seu parceiro e, embora não seja dado a grandes demonstrações públicas, não se coibirá de lhe dar um monumental beijo na boca, "só para mostrar que já tem dona". Para manter um nativo de Touro com os seus níveis de ciúme controlados é essencial dar-lhe muita segurança e mostrar-lhe que não tem motivos para duvidar de si.

 

Gémeos

Como em tantas outras coisas na vida de um nativo do signo Gémeos, também no que diz respeito ao ciúme existe nele uma enorme dicotomia, chegando a ser contraditório. Se, por um lado, a sua postura descontraída e despreocupada faz com que nem sequer se aperceba de outra ameaça ou de qualquer troca de olhares mais insinuantes entre o seu par e outra pessoa, por outro lado quando o alarme de Gémeos dispara ele torna-se bastante sonoro e estridente. Toda a insegurança e instabilidade deste signo, bem como a sua agilidade mental, são postas em ação, fazendo-o imaginar os mais mirabolantes cenários, fazendo com que suspeite de todos os gestos e palavras. Um Gémeos tranquilo vive pacificamente sem ciúme, mas para que isso aconteça terá de existir um profundo companheirismo e cumplicidade na relação, e ter a seu lado alguém que lhe saiba transmitir total segurança. 

 

Caranguejo

Caranguejo não queria, não queria mesmo, ter ciúmes... mas é mais forte que ele. Quando deu por si, já provocou um terramoto na sua relação. Ou melhor, um maremoto, pois a sua enchente de lágrimas faz sempre parte do drama com que vive o seu ciúme. Para que este sentimento desperte em si, na maior parte das vezes, nem é preciso que haja uma atitude concreta do seu par. A natural insegurança de Caranguejo, aliada à sua dependência afetiva e carência emocional fazem com que esteja constantemente ansioso, assaltado por sentimentos de insegurança e pelo receio de perder a pessoa amada. Como se sente ameaçado face à concorrência, sendo que na maior parte das vezes nem tem qualquer motivo para tal, parte de um sentimento de inferioridade que lhe dá forças para enfrentar o mundo com um ar feroz, afastando todos os/as rivais que ousem aproximar-se do "seu" território. Os amuos sem motivo aparente, as perguntas inquisidoras, os ataques inesperados - "Eu bem vi como olhaste para ela quando pensaste que eu não estava a ver!" fazem parte do quotidiano de quem tem um relacionamento com um nativo de Caranguejo. Mas ele não faz por mal... e, sejamos francos, quem é que não gosta de se sentir assim tão importante? É que Caranguejo põe num pedestal quem ama, fazendo-o sentir-se a pessoa mais especial à face da Terra.

 

Leão

Leão tem dificuldade em admitir o seu ciúme, mas este está lá, no recanto mais escondido da sua personalidade, e anda sempre de mãos dadas com o seu orgulho e brio pessoal - esses sim, muito evidentes. "Como é que ele se atreve a olhar para outras, se me tem a mim ao lado dele?" - É uma das questões que mais intrigam a mulher Leão, acontecendo o mesmo com o homem deste signo. Um Leão enciumado não hesita em deixar muito claro ao seu par - e, sobretudo, à concorrência, seja ela real ou apenas hipotética - que o que é seu é seu, e que não está disposto a partilhar. Com uma forte segurança em si próprio e uma dose de auto-confiança bastante pronunciada, Leão encara a rivalidade como um desafio, e quando sente ciúme apressa-se a mostrar o quão maravilhoso, belo e espetacular ele é. Torna-se ainda mais extrovertido, mais expansivo e apaixonado, sendo capaz de protagonizar cenas românticas dignas de fazer subir a temperatura até no Pólo Norte.

 

Virgem

Virgem é prático, prudente e ponderado, sendo de facto um dos signos do Zodíaco que melhor consegue dominar o seu ciúme. Muito atento a todos os pormenores, redobra a atenção em relação ao seu par quando algo desperta as suas  desconfianças, mas antes de se lançar em conjeturas e cenários de traição procura primeiro certificar-se se tem motivos para o fazer. E, mesmo que tenha, espera para ver. Consegue manter o sangue frio e analisa com racionalidade as situações. Quando se sente seguro na sua relação não alimenta ciúmes e não dá importância a potenciais ameaças. Contudo, Virgem tem uma grande insegurança em relação a si próprio e um enorme sentido de sacrifício, e é capaz de se martirizar e de sofrer calado, sentindo-se inferior, sem nunca demonstrar o quanto está a sofrer. É importante, para quem tem um parceiro deste signo, ter o cuidado de fortalecer a sua segurança e confiança. Em troca, tem alguém que dificilmente lhe fará uma cena de ciúmes.

 

Balança

Como nativo de um signo de Ar, Balança não é, à partida, ciumento. Por outro lado, como procura ser sempre muito equilibrado e racional, evita o dramatismo e o exagero, procurando agir com sentido prático em todas as situações, sem embarcar em filmes nem histórias mirabolantes. E, convenhamos, Balança tem sempre uma corte de admiradores à sua volta, que lhe enviam mensagens e olhares insinuantes e que lhe fazem declarações subreptícias e convites menos inocentes, por isso ele próprio não quer que o tema "ciúme" venha à baila... Não se sente ameaçado pela concorrência e defende o amor livre. Procura que a pessoa amada esteja consigo quando e enquanto o amar de corpo e alma, não gosta de prender porque também não suporta sentir-se preso. E, sobretudo, Balança procura ser sempre elegante, e uma crise de ciúmes, com choros descontrolados e gritos, não fica nada bem na sua imagem!

 

Escorpião

Com Escorpião, o ciúme ganha uma dimensão completamente diferente - levado ao exagero, torna-se quase uma questão de vida ou morte. Este é um dos signos mais ciumentos do Zodíaco, possessivo e controlador, que faz de tudo para manter o sangue frio e não demonstra o que sente, embora por dentro todo ele seja um furacão enraivecido quando está possuído pelo ciúme. Nega, sempre. E a verdade é que consegue disfarçar com o talento de um grande ator de cinema. Mas não deixa passar em branco nem um só olhar que seja. Tudo, mesmo T-U-D-O, é analisado microscopicamente pelo seu olhar inquisidor. A personalidade de Escorpião é intensa, dramática e profundamente apaixonada. Como se entrega de corpo e alma a quem ama, uma traição ou falta de lealdade do parceiro é, para este signo, uma facada no coração. E ninguém quer despertar a ira de um Escorpião magoado, pois aquilo que antes era amor num instante se torna numa frieza cortante e implacável, pronta a ferir com tanta intensidade - sejamos sinceros... com MUITO mais intensidade! - com que se sentiu ferido. Pelo sim pelo não, mantenha o seu Escorpião satisfeito sendo o mais sincero com ele... e não se atreva - nem em sonhos! - a pisar o risco.

 

Sagitário

"Não tenho ciúmes nenhuns, até gosto que ele/ela tenha outros flirts! Assim eu também posso ter os meus engates e convivemos todos juntos!" - Sagitário gosta de se mostrar liberal, despreocupado e completamente cool no que diz respeito à possessividade e ao ciúme, mas a verdade é que, embora de facto este nativo tenha uma grande abertura de mentalidade e seja uma pessoa muito descontraída, com a sua alma de eterno hippie, o ciúme de Sagitário é um dos seus segredos mais bem guardados - que não admite nem sequer para si próprio. A questão, neste caso, não é propriamente pelo sentimento de posse - Sagitário é um dos signos que mais preza a liberdade e, por isso, respeita como ninguém o espaço do outro - mas antes de orgulho ferido. "Estas galinhas bem podem andar à volta dele, mas não chegam nem à sola dos meus sapatos!" pensará a mulher Sagitário com o ciúme a germinar dentro de si. O homem Sagitário é menos ciumento mas, pelo sim pelo não, depressa surpreende a sua amada com um espantoso acto romântico, quase saído de um filme, que a deixará ainda mais apaixonada e segura que não há, realmente, melhor que ele. Para Sagitário, o ciúme é como o combustível para uma corrida de velocidade, um motor da adrenalina de que este signo tanto precisa para viver.

 

Capricórnio

O ciúme de Capricórnio é silencioso, calado, discreto... e perigoso. Este nativo abomina todo o espalhafato e os dramas de faca e alguidar não são, em momento algum, para ele. Leva muito a sério o compromisso e a confiança é, para ele, a espinha dorsal de uma relação. Uma vez perdida, muito dificilmente é recuperada, pois para ele não há segundas oportunidades. Não desconfia à toa e mantém-se bastante seguro na maior parte das situações, mas quando considera que os limites estão a ser ultrapassados depressa põe os pontos nos "is", com uma conversa curta, grossa, e completamente direta ao assunto. Um Capricórnio nunca se deixa levar por instintos irracionais, mas vai acumulando... acumulando... até que uma situação perfeitamente inocente pode ser a gota que faz transbordar todo o copo. E quando um Capricórnio se enfurece... a Terra treme!

 

Aquário

Não, Aquário não sente ciúme. Não sente mesmo. A não ser que haja outras influências fortes no seu Mapa Astral, o típico Aquariano pode até conjeturar na sua mente fértil milhentas histórias, mas não se deixa descontrolar por elas, porque o ciúme é completamente contrário à sua natureza. Aquário é o signo que melhor entende o amor enquanto algo que se dá ao outro sem cobrar nada em troca, sem esperar, e que só faz sentido existir como algo livre. As cobranças, os sentimentos de posse, horrorizam a mente de Aquário e afugentam-no em meio segundo. Ele não faz perguntas, não vigia, não controla, porque para ele se não existir confiança não há razão para manter a relação. No entanto, naturalmente que, como ser humano, nem mesmo o nativo de Aquário consegue ficar indiferente, quando ama alguém e se sente espicaçado. A sua resposta será, porém, extremamente mental, um tanto rebuscada, capaz de se manifestar apenas alguns dias depois. Também não tolera relacionamentos sufocantes nem companheiros ciumentos. Se vive com um Aquário, esteja descansado pois à partida ele dar-lhe-á uma grande liberdade... mas nem pense em querer controlá-lo!

 

Peixes

Embora seja inseguro e emocionalmente muito apegado a quem ama, Peixes não é um signo propriamente ciumento. Ou melhor, ele sente ciúmes, mas guarda tudo bem fechado dentro de si e sofre em silêncio, apressando-se a desculpar o parceiro, recriminando-se a si próprio e sentindo que, se o par encontra interesse noutra pessoa, é porque ele próprio já não o consegue fascinar como outrora. Peixes é delicado, sensível e compreensivo, e procura sempre justificar o parceiro sem o acusar. No entanto, a sua imaginação é muito fértil e como é extremamente intuitivo é capaz de captar o mais impercetível sinal, o que despoleta dentro de si uma série de cenários mirabolantes, que podem tomar conta dele e deixá-lo completamente angustiado, incapaz de ver a realidade como ela realmente é. Se tem um companheiro do signo Peixes, procure dar-lhe sempre segurança e entender o que ele sente, pois ele nem sempre revela o que vai no seu coração. Se este é o seu signo, aprenda a comunicar aquilo que lhe vai na alma com maior confiança. 

Veja também:

Envie-me um e-mail em branco e receba uma boa notícia!

 

 

 

< VOLTAR
PARTILHAR NA REDE:  

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Hoje reze a...


Anjo da proteção Divina

Novidades


Publicada a 24/11/2017

Horóscopo do Dia

Horóscopo do Dia

+ VER MAIS

Publicada a 04/10/2017

Meditação da Lua Cheia no Centro Maria Helena

Em Outubro a Lua Cheia está no signo Carneiro, esta é uma das Luas mais poderosas, ajuda a dar um novo impulso à sua vida, a atrair o amor e a conquistar vitórias profissionais. Maria Helena convida para esta Meditação da Lua Cheia no Centro Maria Cheia. Dia 6 de Outubro, às 17.30

+ VER MAIS

Publicada a 29/09/2017

Maria Helena no Queridas Manhãs - 2 de Outubro!

Segunda-feira, dia 2, Maria Helena estará à conversa com Júlia Pinheiro no Queridas Manhãs! Saiba o que o mês de Outubro lhe reserva e conheça ainda as caraterísticas do signo Balança!

+ VER MAIS

Publicada a 22/09/2017

Maria Helena no programa Faz Sentido - Sic Mulher

Maria Helena esteve à conversa com Ana Rita Clara no programa Faz Sentido da Sic Mulher, às 14 horas.

+ VER MAIS

Publicada a 24/08/2017

Querer é Poder é o novo livro de Maria Helena

Maria Helena traz-nos um novo livro com conselhos de auto-ajuda, orações e um oráculo: Querer é poder!

+ VER MAIS

Publicada a 17/07/2017

Maria Helena no programa Juntos à Tarde dia 18 de Julho

Na terça-feira, dia 18 de Julho, Maria Helena vai estar no programa Juntos à Tarde da SIC, onde nos vai falar mais sobre a sua vida e o seu percurso.

+ VER MAIS

Publicada a 25/05/2017

Maria Helena na Feira do Livro de Lisboa - 13 de Junho

Maria Helena numa sessão de autógrafos na Feira do Livro de Lisboa, dia 13 de Junho às 16.30!

+ VER MAIS

Publicada a 15/05/2017

Vem aí o Dia da Espiga! - 25 de Maio

Este ano, o Dia da Espiga é assinalado no dia 25 de Maio, Quinta-feira de Ascensão!

+ VER MAIS

Publicada a 05/05/2017

Centenário das Aparições de Fátima

É já no dia 13 de Maio que se comemora o Centenário das Aparições em Fátima, com a visita especial do Papa Francisco ao nosso País.

+ VER MAIS

Publicada a 10/04/2017

Estamos a um mês da vinda do Papa Francisco a Portugal!

Já falta muito pouco tempo para a chegada do Papa Francisco a Fátima, por ocasião do centenário das Aparições de Fátima.

+ VER MAIS

Publicada a 04/04/2017

Estamos quase na Semana Santa...

O próximo Domingo, dia 9 de Abril, é chamado "Domingo de Ramos" e dá início à Semana Santa, que antecede a Páscoa

+ VER MAIS

Publicada a 30/01/2017

Já estamos no Ano do Galo de Fogo!

O novo ano chinês - o ano do Galo de Fogo - começou no dia 28 de Janeiro de 2017. Já viu as previsões para o seu signo Chinês?

+ VER MAIS

Publicada a 14/07/2016

Maria Helena tem novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO na SIC INTERNACIONAL

Maria Helena apresenta na SIC Internacional o seu novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO

+ VER MAIS

Publicada a 23/11/2015

Livro Anjos e Milagres é o mais vendido em Portugal (não ficção)

Livro Anjos e Milagres está há mais de sete semanas no primeiro lugar do top de vendas nacional na categoria de não-ficção. Muito obrigada!

+ VER MAIS

Publicada a 16/09/2015

Maria Helena fala sobre a importância de viver no momento presente

Maria Helena é convidada especial do programa Não faz sentido, da SIC MULHER, onde explica porque é tão importante viver no momento presente e deixar para trás o passado.

+ VER MAIS
Formulário fale comigo
CONSULTAS Marque aqui!