blog
(00351) 210 929 000

Como podemos agradecer o que temos?

"Aprenda a valorizar e a reconhecer tudo aquilo que possui, e verá como se sentirá muito mais rico. Saiba agradecer os dons que tem, e não sentirá que lhe falta assim tanto para viver bem e ser feliz. 

Por vezes estamos tão concentrados num só caminho que nem sequer damos a nós próprios a oportunidade de espreitarmos para outro lado. Pense que tudo tem uma solução e que com a ajuda daqueles que o amam vai conseguir «voltar a ser rico», mesmo que isso não implique ter, como no passado, uma conta bancária recheada. Há riquezas muito mais valiosas na sua vida!

Comece por agradecer a sua saúde, ao cuidar do seu corpo e ao preservá-lo em equilíbrio, alimentando-se correctamente, descansando o necessário e poupando-o a esforços, riscos, exageros e vícios que o desrespeitam e que ameaçam a sua integridade. Agradecer a dádiva da saúde é cuidar dela com carinho, levar uma vida com hábitos saudáveis que a fortaleçam, como a prática regular de desporto, dar passeios e fazer caminhadas pela Natureza. Deve fornecer aos pulmões ar puro para respirar, alimentos saudáveis para comer, cuidados de saúde de que precise e até tratamentos de beleza, se quiser pode fazê-los em casa, tudo coisas que estão ao seu alcance. O importante é sentir-se especial.

Saber agradecer o trabalho e a estabilidade material que tem passa por deixar de se lamentar pelo que lhe falta, agarrando todas as oportunidades com determinação e empenho, procurando todos os dias dar o seu melhor naquilo que tem para fazer. Valorizar a estabilidade e os recursos que o seu trabalho lhe permite ter é saber estar grato por ele, é tratar com respeito e atenção os seus colegas, superiores, clientes, alunos e todas as pessoas que interagem diariamente consigo na sua vida profissional.

Ser aplicado, assíduo, pontual, ser educado e cordial com os outros… são atitudes de quem está grato pelo trabalho que tem. E quem sabe agradecer reúne todas as condições para receber mais e melhores ofertas. Estar grato pelo seu trabalho é abordar os outros com um sorriso, dizer «bom dia!» e «boa tarde!» e ser bem-disposto, sem levar para o local de trabalho outras inquietações e frustrações. Valorize a possibilidade de aprendizagem e de desenvolvimento, que o facto de desempenharmos um papel activo na sociedade nos proporciona.

É importante, também, agradecer o dinheiro que tem, em vez de permanentemente se queixar das contas que ainda lhe falta pagar e de não ter aquilo que imagina ser o que precisa para «comprar» a sua felicidade, sem se aperceber que aquilo que verdadeiramente o faz feliz não pode ser comprado. O amor, o respeito, a amizade, a paz, a saúde e a serenidade não estão à venda em lugar nenhum do mundo e não têm preço. Não são os bens de satisfação imediata que nos podem proporcionar a alegria e o bem-estar verdadeiros, eles mais não fazem do que mascarar as nossas verdadeiras necessidades, dando-nos uma falsa sensação de plenitude que na verdade não nos satisfaz. Por essa razão, as pessoas que vão às compras quando se sentem deprimidas e que criam o hábito de comprar objectos para si próprias como forma de suprimirem as suas carências têm uma necessidade constante de comprarem mais e mais, não apreciando sequer o que compram. Na verdade, aquilo de que irremediavelmente precisam é de amor, reconhecimento, carinho, aprovação, sucesso, admiração e, sobretudo, de se amarem a si próprias.

Agradecer o dinheiro que tem é dar valor ao tecto que o abriga, uma casa ou um lugar onde pode descansar sem estar preocupado com a chuva, o frio ou as ameaças exteriores. É agradecer por ter comida e por ser capaz de subsistir, tendo sempre em mente que podemos a todo o momento melhorar a nossa vida ao estarmos atentos às oportunidades que constantemente se nos apresentam. Quando não desistimos nem nos resignamos às circunstâncias, conseguimos sempre encontrar uma forma de nos mantermos alerta, sabendo aproveitar cada possibilidade que nos é oferecida.

Agradecer o amor e o afecto é dar valor a cada pessoa que gosta de si, é mostrar carinho e dedicação para com os seus pais e a sua família, é telefonar-lhes, visitá-los, fazer-lhes uma surpresa. Prepare algo que seja do seu agrado e, mais importante que tudo, esteja disponível para ouvir e para aceitar aquilo que os outros são e o que têm para lhe oferecer. Em vez de ficarmos presos às mágoas, ao que não nos fizeram, ao que nos disseram que nos magoou ou ao que não nos disseram e precisávamos de ter ouvido, podemos sempre escolher dar valor àquilo que cada pessoa tem de melhor, e ao que faz por nós. Isso também é saber agradecer. Muitas vezes estamos tão absortos nas nossas preocupações, que nos esquecemos que os outros também precisam de nós e que podemos dar-lhes atenção. Em vez de estarmos fechados em nós próprios e nos nossos problemas, ao irmos sair com um amigo e abrirmos o coração, desabafando, sentir-nos-emos mais leves. Caso esse amigo também esteja a precisar de auxílio, o facto de, por alguns momentos, deixarmos de pensar só em nós para nos concentrarmos nele é muitas vezes o bastante para deixarmos de estar tão centrados no que nos incomoda, o que nos ajuda a encarar os nossos próprios problemas de outra perspectiva, muito mais leve.

Saber agradecer a amizade é cuidar de quem gosta de nós é demonstrar sensibilidade para com aquilo que faz falta aos outros. É saber partilhar, não só as ansiedades e os momentos de aflição, mas também as alegrias e as riquezas. Agradecer o amor é dar valor ao seu parceiro, a essa pessoa que partilha a vida consigo, é não o negligenciar nem tomá-lo como um dado adquirido. Com o passar dos anos, as pessoas muitas vezes acomodam-se e tomam o parceiro como propriedade sua, esquecendo-se que se trata de outro ser humano que, tal como nós, precisa constantemente de ser acarinhado, seduzido e, acima de tudo, valorizado e respeitado. Agradecer o amor é ter presente que os pais e os filhos são entidades individuais, a quem é importante estarmos gratos: por estarem na nossa vida, por cuidarem de nós e por ligarem a sua vida à nossa, por nos amarem com dedicação e deferência, valorizando cada momento que partilhamos com eles.

Saber agradecer a dádiva da vida é reconhecer a condição que engloba todas as outras e que nos dá, por si só, razões para sermos felizes. Agradecer o azul do céu, o verde das árvores, o ar puro do campo, a frescura do mar, os recursos naturais que são colocados ao nosso dispor e que temos o dever de cuidar para os deixar puros para as próximas gerações. Tudo isso são dádivas que nos são concedidas e que nos fazem viver. E a vida é o maior prodígio de todos! Quantas coisas já agradeceu hoje?

Dica positiva: Crie diariamente o hábito da gratidão. Ao final de cada dia, reserve alguns minutos para reflectir, em paz e silêncio, sobre tudo aquilo que recebeu nesse dia. Pode tratar-se de uma palavra simpática, de um sorriso, de um elogio, de um agradecimento, do facto de ter tido força para realizar uma tarefa ou capacidade para concretizar um projecto.

Procure também através da meditação encontrar o equilíbrio entre espírito, mente e corpo, verá que o seu sentido de gratidão será mais facilmente ampliado.

Escreva em pequenos pedaços de papel cada coisa positiva que possui e que constitui uma dádiva para si. Guarde todos os papelinhos dentro de um frasco transparente. Sempre que se lembrar de algo, anote e acrescente um novo papelinho ao frasco, que deve guardar num local bem visível. À medida que for acrescentando papelinhos com as dádivas que possui, tomará consciência das inúmeras riquezas que existem na sua vida!"

texto retirado do livro O Meu Segredo, de Maria Helena

Veja também:

 

 

 

 

 

 

 

Envie-me um e-mail com o seu número de telefone e receba GRÁTIS a resposta a um dilema!

 

Hoje reze a...


Anjo da Beleza

Novidades


Publicada a 09/1/2017

Maria Helena está de volta à Vida nas Cartas!

Maria Helena já voltou a apresentar a Vida nas Cartas - o Dilema, às 2as e 3as feiras. Não perca!

+ VER MAIS

Publicada a 28/12/2016

Ponto de Equilíbrio especial Ano Novo

Saiba como vai ser 2017 para Cristiano Ronaldo, Mariza, Tony Carreira, Sara Sampaio, Diogo Morgado e muitos outros! Conheça ainda as suas previsões para 2017, veja Maria Helena fazer o seu ritual de Ano Novo e muitas mais surpresas! Clique aqui!

+ VER MAIS

Publicada a 18/12/2016

Maria Helena fala sobre o signo Capricórnio no Grande Tarde

Na próxima quinta-feira, dia 22 de Dezembro, pelas 16.30, Maria Helena estará no programa Grande Tarde para falar sobre o signo Capricórnio. Não perca!

+ VER MAIS

Publicada a 05/12/2016

Vem aí o Solsticio de Inverno!

No dia 21 de Dezembro de 2016 temos, às 10.44, o Solstício de Inverno, que marca a noite mais longa do ano.

+ VER MAIS

Publicada a 15/9/2016

Acontecimento raro: Lua Cheia com eclipse lunar...

Pela primeira vez em 9 anos, teremos um eclipse lunar em Peixes, que nos traz a oportunidade de mudar a nossa vida...

+ VER MAIS

Publicada a 14/7/2016

Maria Helena tem novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO na SIC INTERNACIONAL

Maria Helena apresenta na SIC Internacional o seu novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO

+ VER MAIS

Publicada a 23/11/2015

Livro Anjos e Milagres é o mais vendido em Portugal (não ficção)

Livro Anjos e Milagres está há mais de sete semanas no primeiro lugar do top de vendas nacional na categoria de não-ficção. Muito obrigada!

+ VER MAIS

Publicada a 16/9/2015

Maria Helena fala sobre a importância de viver no momento presente

Maria Helena é convidada especial do programa Não faz sentido, da SIC MULHER, onde explica porque é tão importante viver no momento presente e deixar para trás o passado.

+ VER MAIS
Formulário fale comigo