blog
(00351) 210 929 000

20 de Março - Começou o novo ano astrológico!

Porque é que o novo ano começa em Março?

No dia 20 de Março de 2017, às 10.29, o Sol entrou no signo Carneiro e, ao fazê-lo, deu início a um novo ano astrológico, uma espécie de "Ano Novo" celebrado de acordo com os ritmos do universo. Porque é que Carneiro é o primeiro signo do Zodíaco? Saiba porque é que o novo ano astrológico começa em Março!

Há milhares de anos atrás, quando ainda não havia calendários estipulados, o Homem regia-se pela observação dos astros e pelos ritmos da Natureza. Os primeiros estudos de Astrologia de que há registo datam do século VII a.C., sendo que as civilizações antigas se ocupavam da observação do Céu, por constatarem que os astros influenciavam o destino dos homens. Assim, durante muito tempo os povos orientaram-se pelo Sol, astro rei da nossa galáxia, por compreenderem que dele vinha toda a vida na Terra. O horóscopo como hoje o conhecemos terá surgido por volta do século V a.C. com a criação do Zodíaco (que significa "roda de animais") - o "cinto de constelações" que envolve a Terra e que vai girando à volta dela. Cada constelação representa um signo do Zodíaco, num desfilar ao longo do ano. O signo "em que estamos" é aquele por onde o "Sol passa", quando visto a partir da Terra.

A Astrologia ocidental resulta dos estudos dos babilónios, dos cálculos matemáticos dos egípcios e das filosofias grega e romana. O princípio que a rege, e que determina, entre outras coisas, qual é o primeiro signo do Zodíaco e quando começa o ano astrológico, são os ritmos da Natureza. O ano astrológico começa em Março, no Equinócio da Primavera, porque esta é a data que assinala o renascimento da Natureza, o início de um novo ciclo. Carneiro, signo regido pelo planeta Marte, é o primeiro do Zodíaco, pois é na constelação de Carneiro que o Sol entra aquando do Equinócio da Primavera. Março é também o mês regido pelo deus Marte da guerra. Para os Romanos, este era o primeiro mês do ano, até que, no ano 46 a.C. o imperador Júlio César mudou o primeiro dia do ano para 1 de Janeiro, porque era o dia em que os oficiais romanos eleitos tomavam posse dos cargos. Durante a Idade Média o início do ano ainda era muitas vezes celebrado no Equinócio da Primavera, contudo em 1570 o Papa Gregório XIII implantou o calendário gregoriano e fixou esta data no dia 1 de Janeiro, para por fim às celebrações pagãs de início do ano.

Os Equinócios, que acontecem duas vezes por ano  - no Outono e na Primavera - assinalam o momento em que os dias e as noites são iguais e os raios de Sol incidem da mesma forma no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul. São datas especialmente importantes pois assinalam as mudanças do tempo frio para o tempo quente (Equinócio da Primavera) e do tempo quente para o tempo frio (Equinócio de Outono). Nos Equinócios, o dia e a noite têm a mesma duração - marcando um ponto de equilíbrio na Natureza, que nos lembra, a nós, da importância que esse equilíbrio tem também na nossa vida.

Para os Celtas, estes eram dias de grande poder energético. A Mãe Natureza contorcia-se nos seus eternos movimentos cíclicos e oferecia-nos a nós a possibilidade de nos ajustarmos com ela, retificando tudo aquilo que precisa de ser equilibrado na nossa vida. O Equinócio da Primavera era uma das mais importantes festividades Celtas, chamada "Ostara", exaltando o nascimento, o renascimento da Natureza, o despertar da vida, a fertilidade. Uma vez que o dia - força masculina - tinha a mesma duração da noite - força feminina - havia um equilíbrio entre o Deus Sol e a Deusa Lua, uma sintonia entre a forças opostas da Natureza, que traria as flores e as boas colheitas.

O calendário astrológico começa em Março, no momento do Equinócio da Primavera, que é o momento em que a Natureza "renasce", em que o Universo se concentra num novo começo. O signo que inicia o Zodíaco é Carneiro, tendo os primeiros astrólogos observado que as pessoas nascidas neste primeiro mês do ano astrológico se caraterizam pelo vigor, pela impulsividade, pelo dinamismo que caraterizam os impulsos dos começos.

Veja também:

Envie-me um e-mail com o seu número de telefone e receba gratuitamente a resposta a um dilema!

 

 

 

ORÁCULOS

Os Anjos respondem

O meu Tarot

Novidades


Publicada a 26/6/2017

Horóscopo do Dia

Quem está mais favorecido hoje? Veja aqui o top dos signos (do menos favorecido para o mais favorecido).

+ VER MAIS

Publicada a 25/5/2017

Maria Helena na Feira do Livro de Lisboa - 13 de Junho

Maria Helena numa sessão de autógrafos na Feira do Livro de Lisboa, dia 13 de Junho às 16.30!

+ VER MAIS

Publicada a 15/5/2017

Vem aí o Dia da Espiga! - 25 de Maio

Este ano, o Dia da Espiga é assinalado no dia 25 de Maio, Quinta-feira de Ascensão!

+ VER MAIS

Publicada a 05/5/2017

Centenário das Aparições de Fátima

É já no dia 13 de Maio que se comemora o Centenário das Aparições em Fátima, com a visita especial do Papa Francisco ao nosso País.

+ VER MAIS

Publicada a 10/4/2017

Estamos a um mês da vinda do Papa Francisco a Portugal!

Já falta muito pouco tempo para a chegada do Papa Francisco a Fátima, por ocasião do centenário das Aparições de Fátima.

+ VER MAIS

Publicada a 04/4/2017

Estamos quase na Semana Santa...

O próximo Domingo, dia 9 de Abril, é chamado "Domingo de Ramos" e dá início à Semana Santa, que antecede a Páscoa

+ VER MAIS

Publicada a 30/1/2017

Já estamos no Ano do Galo de Fogo!

O novo ano chinês - o ano do Galo de Fogo - começou no dia 28 de Janeiro de 2017. Já viu as previsões para o seu signo Chinês?

+ VER MAIS

Publicada a 14/7/2016

Maria Helena tem novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO na SIC INTERNACIONAL

Maria Helena apresenta na SIC Internacional o seu novo programa - PONTO DE EQUILÍBRIO

+ VER MAIS

Publicada a 23/11/2015

Livro Anjos e Milagres é o mais vendido em Portugal (não ficção)

Livro Anjos e Milagres está há mais de sete semanas no primeiro lugar do top de vendas nacional na categoria de não-ficção. Muito obrigada!

+ VER MAIS

Publicada a 16/9/2015

Maria Helena fala sobre a importância de viver no momento presente

Maria Helena é convidada especial do programa Não faz sentido, da SIC MULHER, onde explica porque é tão importante viver no momento presente e deixar para trás o passado.

+ VER MAIS
Formulário fale comigo